Publicado por: arielalmeida | 8 de julho de 2009

vinho

tinha cor,
vermelha,
púrpura,
quando o conheci.

sorver,
devo?

hoje não mais,
bamboleiam-me, palavras,
estou insano,
ora, ainda sou eu.

que vida há
se não houver torpor
para nos esclarecer
o pouco que somos?

somos
ponto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: